O Grupo de Poetas Livres (GPL) foi criado em 13 de abril de 1998, por Maria Vilma Campos, com o objetivo de divulgar a poesia catarinense. Desde então, o grupo trabalha intensamente para despertar nas pessoas o interesse pela poesia.

Logo no início de suas atividades em 1998 o grupo começou a publicar um jornal alternativo intitulado Ventos do Sul que, a partir de 2002, transformou-se em uma revista que congrega poetas do Grupo, entre efetivos e correspondentes, e amigos da Argentina, Uruguai, México, Portugal, Espanha e de várias cidades brasileiras e catarinenses.
Uma das atividades pioneiras que o grupo desenvolveu para divulgar as poesias foi o Projeto Viajando Com Poesia, que consistia em colar cartazes-adesivos com poesias nos ônibus coletivos de Florianópolis. Esse projeto começou em 1998 e funciona até hoje com o apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis e o Núcleo de Transportes. O patrocínio é das Organizações Koerich.

Ainda no mesmo ano de sua fundação o GPL promoveu com a Associação dos Amigos da Biblioteca Pública Municipal Prof. Barreiros Filho um Concurso de Poesias com a Escola Básica Almirante Carvalhal e o Colégio Nossa Senhora de Fátima produzindo uma Antologia para cada educandário, com o título único de “Eu e o Mar”.

Nos anos de 1999 e 2000, o grupo fomentou com o apoio da Big Pan Padaria e Mercearia, dois concursos de poesia atendendo a região metropolitana de Florianópolis, com os temas “Pão, alimento da vida” e “A natureza é onde mora a vida”, respectivamente. Também com a Big Pan desenvolve o Projeto Doce Poema, que consiste em publicar poesias nos sacos para pães. Este projeto rendeu, em 2000, o Prêmio Empresa Cidadã para a Big Pan, pois cada poesia é publicada em 5 mil sacos para pães.
Pela Lei Municipal n. 5671, de 26 de maio de 2000, assinada pela Prefeita Angela Amin, o Grupo de Poetas Livres é entidade reconhecida de Utilidade Pública Municipal. O Projeto de Lei foi apresentado, à época, pelo vereador André Freysleben.

Com a Rádio Atlântida FM – RBS Rádios, em 2001 e 2002 promoveu dois concursos de poesia com os temas “Amor Eterno” e “Guerra e Paz”. Este segundo foi o primeiro concurso “on line” de poesia.
Em 2002, com o Curso e Colégio Energia promoveu o Concurso “Amor Adolescente” e com a Escola Lauro Müller, “Poesias com Formas”, que divulgava não só a poesia, mas também teatro e pintura.

Com a Academia Catarinense de Letras e Letras Blumenauense promoveu, em 2002, o 2º Encontro Literário Itinerante de Escritores Catarinenses. E no Café do Poeta, na Lagoa da Conceição, também em 2002, ocorreu três encontros de poesia.

Em 2003, iniciou o Projeto “Poesia na Tarde” com uma apresentação do Grupo no Cybercafé da RD Livros, no Kobrasol, dia 10 de maio.
O grupo iniciou, em 2002, o Projeto “O Escritor e Sua Obra”, com escritores do Grupo e convidados discorrendo sobre sua produção literária. O Projeto continuou em 2003, no Dia do Escritor, com a escritora Roselene Tondello.

Possui três Antologias, a 1ª foi lançada em 1999 (“Poesia e Outros Textos”) na 1ª Bienal do Livro do Cone Sul e a 2°em 2000. Em 2003, com o GPL completando cinco anos de existência a edição da 3ª Antologia foi lançada no mês de seu aniversário no Cybercafé da RD Livros, no Kobrasol.

Outro Projeto que marca as atividades do Grupo é o “Poesia na Praça” que se propõe a divulgar a obra poética do escritor catarinense ou aqui radicado, gravada nos bancos das praças das praias de Itaguaçu (2001) e Bom Abrigo(2002). Breve, para 2004, o Projeto Poesia na Praça estará na Praia das Palmeiras.

São trinta e cinco poetas que compõe o grupo que em forma de cooperativa apresentam suas poesias e textos com temas livres. Os encontros são realizados todas as quintas-feiras.