ESTADO DE GRAÇA Alzemiro Lídio Vieira

 
A porta se abre
E o sol pede licença.
Entra decidido
Enquanto a sombra
Sai com sutileza,
Levando na bagagem
Meus rios e meus mares
De toldadas águas...
 
Voltar