Sylvia Amélia Carneiro da Cunha

 
 
Nasceu no Rio de Janeiro em 1914, mas é radicada em Florianópolis, desde tenra idade. Formada em Letras Neolatinas, Jornalismo, Técnica de Administração e Bacharel em direito. Exerceu o magistério por concurso, em Santa Catarina, na Faculdade de Ciências Econômicas – da qual foi fundadora - na Academia do Comércio e no Colégio Catarinense. Em sua vida literária constam crônicas, poesias, reportagens, comentários políticos e estudos biográficos publicados em jornais, revistas, suplementos literários e antologias de circulação nacional, sendo colaboradora do Dicionário Político Catarinense. Foi redatora do jornal A Gazeta. Membro da Academia Catarinense de Letras, onde ocupa a cadeira n. 26. Publicou: A técnica comercial e os processos de propaganda; A natureza jurídica da convenção coletiva do Trabalho; Poemas no tempo; Poemas do meu caminho; Gustavo Richard - um republicano histórico em Santa Catarina.


Poemas & Poesias

+ O Ùltimo Canto


Não lamento o que não consegui ser
neste longo tempo vivido.
Não reclamo do que não pude ter
nem de promessas não cumpridas.

Venho sim,
nesta sobra de vida,
relembrar sonhos,
esperanças,
e a fé que nunca me abandonou

Quero esquecer
momentos cruciais,
palavras proferidas com amargor,
tristeza ou sentidos ais.

Quero
dividir com os outros o triunfo, estender a mão,
e partilhar o pão.

E pedir:
Senhor, deixa-me descansar
que já estou a viver muito!
[in Revista da ACL, n. 13/1995]

Voltar