Francisco Carlos da Luz

 
 
Nasceu na Praia Comprida, São José, SC, em 29 de outubro de 1830. Militar. Alcançou o posto de Marechal e neste posto em 21 de junho de 1906. Professor de Física, lente de pirotecnia da Escola Militar da Praia Vermelha; lecionou matemática e ciências físicas e naturais. Formado em Engenharia; doutor em Matemática; membro efetivo da Comissão de Melhoramentos do material de guerra. Lente da 2ª, cadeira do 2º. Ano da Escola Militar da Corte. Deputado provincial em Santa Catarina em 1876,1877. Deputado geral. Diretor do Laboratório pirotécnico de Campinho. Recebeu em 1882 o título de Conselho, tinha os hábitos de Aviz, de Christo e da Rosa. Escreveu e publicou: “Discurso proferido na Câmara dos Deputados na sessão de 28 de abril de 1865”; “Artigo publicado no Globo em sete capítulos, datado da corte, em 15 de agosto de 1875” (ext, da Revista do Instituto Politécnico do Brasil); “Artigos publicados no Jornal do Comércio, datado de 26 de julho de 13 e 26 de agosto de 1876”; “Questão de Limites entre as províncias de Santa Catarina e do Paraná, pelo Dr. Francisco Carlos da Luz, 1876”; “Estudos sobre as pólvoras de guerra antigas e modernas”; “Conferência sobre melhoramento do material d´Armada, 1874”; “Influência do chumbo sobre as águas potáveis”. “Memória apresentada ao Instituto Politécnico Brasileiro, 1879”; “Breve exposição das recentes eleições da Província de Santa Catarina”, e outros.

Poemas & Poesias

Voltar