Osmarina Maria de Souza

 
 
Nasceu em Florianópolis, a 17 de novembro de 1929. Fundadora e membro da ACPCC; fundadora e membro da ASAJOL, cadeira 24, cujo patrono é Luiz Delfino. Fundadora e membro da Academia de Letras de Biguaçu, ocupa a cadeira nª 20, cujo patrono é João Nicolau Born. Fundadora e membro da Academia Desterrense de Letras, cadeira 10, patrono Oswaldo Cabral; fundadora e membro da UBE/SC.Fundadora e responsável pelas primeiras publicações do informativo Cosmorama. Participa de diversas antologias.

SEM VOLTA
Tu foste o meu amor, o meu encanto.
Preciosidade que guardei,
do coração, num canto.
Ilusão, quimera desfeita,
Desencanto.

Desencanto que ainda sinto
e relembro com tristeza.
É dolorida a minha saudade.
Foste embora, me deixaste,
que maldade...

Maldade, sim,
e perverso teu abandono.
Um dia quando voltares
em clamores, pedindo perdão,
eu te direi sorrindo:

É tarde. Leva de volta
o desencanto, a vaidade e
ferido meu coração.
Fonte: Antologia Sinfonia Poética e Prosa..., ASAJOL, 2001]


Poemas & Poesias

Voltar