Luis Fabiano Silva de Souza

 
 
Nascido em Viamão/RS, em 16/10/1976. Veio para Florianópolis em agosto de 2006, freqüenta o GPL desde o início de março de 2008. Gosta de escrever poemas e contos, mas foi quando conheceu o Grupo de Poetas Livres, que realmente descobriu o verdadeiro prazer em fazer poemas, e as diversas formas de escrevê-los, seu fascínio pela leitura e pela escrita só tem aumentado a cada dia. Está escrevendo um livro de poemas que logo será publicado. Fabiano tem um projeto futuro para escrever seu primeiro livro de contos e crônicas.

Poemas & Poesias

+ Quinze pra's cinco

Bolsa a tiracolo
Atravessada no peito
Mostra dois picos perfeitos
Firmes apontam pra mim.

Ah! Se ela me desse bola!
Eu acho penso que sim...
Mas ela nem se quer me olha
Sem pensar pergunto as horas.

Com este meu olhar curioso
Falo de um jeito manhoso
Deixo aflorar sedução
- Por favor, que horas são?

Ela responde sorrindo:
- Agora quinze p´ras cinco.
Nossa... Que sorriso lindo.
Assim pensei. Atrevido.
Fosse eu um soutien!

Luis Fabiano Souza

+ Ser poeta

Ser poeta é ver brotar
É assistir ao pôr-do-sol
Da flor o desabrochar

Ser poeta é acreditar
Ser poeta é entender
Que poesia é algo lindo
É a sublimação do ser

Ser poeta é não morrer de amor
Muito menos de melancolia
É ver no momento da dor
motivos de poesia

O ser lírico a transparecer
Nele habita harmonia
Traduz na poética fórmula
Um viver com alegria.

Luis Fabiano Souza

Voltar