Eglê Malheiros

 
 
Nasceu em Tubarão,SC, em 1928. Uma das escritoras mais representativas de Santa Catarina é Bacharel em Direito pela UFSC e Mestra em Comunicação pela UFRJ(Rio). Tradutora, poetisa, atriz de teatro, contista, cronista, autora teatral, escreveu o roteiro e argumento de “O Preço da Ilusão”, primeiro longa-metragem realizado em Santa Catarina. Casada com o escritor Salim Miguel que, junto a outros escritores e artistas plásticos, fundaram o Grupo Sul, na década de 1940, grupo que instaurou o modernismo em Santa Catarina. Os dois integraram o grupo de editores da revista Ficção, no Rio de Janeiro, na década de 70, que divulgou o trabalho de autores consagrados. Autora do livro de poemas “Manhã”(Edições Sul, 1952); do livro infantil “Desça Menino”(Criar, 1985); do infanto-juvenil “Os meus fantasmas”(Ed.Movimento 2002) e da peça “Vozes Veladas”(Ed.Movimento), ela tem como temática recorrente questões políticas e sociais. “O escritor não está numa torre de marfim, isolado do mundo”, diz.

Fonte: Jornal Noticias do Dia, ano 3, n. 726, 9 de julho de 2008, Caderno Plural. Artigo com o título “A dama das letras”

Poemas & Poesias

Voltar