Francisco José Pereira

 
 
Nasceu em Florianópolis. Pertence à Academia Catarinense de Letras (ACL), na vaga deixada por Teobaldo da Costa Jamundá. A cadeira tinha como patrono o jornalista Crispim Mira, que dá nome à rua, no centro de Florianópolis, na qual Pereira passou a infância e que foi tema de seu livro "As Duas Mortes de Crispim Mira" (Editora Garapuvu). Pereira é escritor e jornalista. Começou a escrever em 1957, quando cursava direito. Formado, advogou na área trabalhista. Foi preso durante a ditadura militar, quando teve de se exilar na América Latina e na África. "O Tempo de Eduardo Dias - Tragédia em Quatro Tempos" (Editora Garapuvu), sobre o pintor catarinense, é obra com o escritor Amilcar Neves. Sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina,é editor da Editora Garapuvu, organizou e editou várias obras, dentre elas Nossos Melhores Contos

Poemas & Poesias

Voltar