Manoel Jover Teles (falecido)

 
 
Nasceu em São Paulo, SP, em 1920. Conforme diz: “Com a graça de Deus, ainda presente como romancista, contista, novelista e poeta. Com livros publicados e outros no aguardo do editor”.
Participa de todos os projetos do grupo.

O ÚLTIMO ADEUS AO MANOLO

Neste domingo (17/06/2007), familiares, amigos e poetas deram o último adeus ao “manolo” - Manoel Jover Teles - Membro efetivo do Grupo de Poetas Livres. A despedida foi marcada por declamações de poesias e palavras amigas, proferidas pelos membros do GPL - Grupo de Poetas Livres e da ACLA - Academia Catarinense de Letras e Artes.
Manolo sofreu derrame cerebral dia nove de junho. Foi hospitalizado, mas não resistiu. Faleceu na noite de sábado, dia 16 de junho.
Manoel Jover Teles nasceu em S.Paulo-SP, em 1920. Além de poeta era romancista, contista e novelista.


Poemas & Poesias

+ AO CONTRÁRIO:

É sempre para o lado
da Aurora,
do Nascimento,
do Desabrochar,
do Crescimento,
da Felicidade,
que confiante
se volta o olhar
da Humanidade.

AINDA BEM!

MANOEL TELES
[Manolo]

+ PENSAMENTO



Cuida-te muito em fazer
chorar uma mulher,
pois Deus corta suas lágrimas.
A mulher foi feita da costela do homem,
não dos pés para ser pisada,
nem da cabeça para ser superior;
senão do lado para ser igual...
debaixo do braço para ser protegida,
e do lado do coração para ser amada!


+ PERSPECTIVA

O negrume do passado
e a incerteza do presente
não conseguem amortalhar
a esperança no Futuro.

Voltar