Osvaldo Ferreira de Melo

 
 
Nasceu em Florianópolis, em 6 de dezembro de 1929. Filho de Luis Osvaldo Ferreira de Mello e Ana Bosco de Melo.
Nos últimos anos foi professor universitário, coordenador do Curso de Pós-graduação em Direito, Presidente dos Conselhos de Educação e de Cultura e vice-presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina.
É pesquisador musical, compositor e instrumentista. Autor de Introdução à História da Literatura Catarinense, Dicionário de Ciência Política e várias obras na área do Direito e da Literatura. Possui editado um caderno com Canções Praieiras, algumas gravadas pela Associação Coral de Florianópolis.
Atualmente coordena o curso de pós-graduação em Direito da Univali e é membro da diretoria do Instituto Histórico.
Autor de Itaguaçu, letra que colocamos a seguir.

Poemas & Poesias

+ Canto da Felicidade Sonhada



Eu esperei por ti,
Mas minhas longas noites passaram
e trouxeram, apenas, ventos soprados de longínquos desertos,
e as areias áridas e mornas tornaram áspera a minha
garganta e rouca a minha voz.
(Eu pensei, na minha ilusão, que a felicidade
fosse alguma coisas que chegasse,
ou mesmo que estivesse à minha espera
em algum lugar, na beira do caminho.
Mas não era).
Em vão esperei que tu chegasses, oh felicidade sonhada,
mas a noite passou, enquanto os ventos sopravam.
(...)
[in Antologia da ACL, nº 1, p. 322]


+ ITAGUAÇU

(música e letra)

A minha terra tem
Uma praia que namora o mar
É rendada de pedras brancas
Onde o sol vai se espreguiçar

Se a noite é calma
Mil estrelas vem brincar de amor
E a lua grande
Tece um cenário encantador

Se o vento Sul
Vem bolir com a onda azul
A água tonta
Beija o areal
De Itaguaçu
A rainha do litoral
De Itaguaçu
Da minha Itaguaçu

Voltar